BANCOS PRIVADOS VÃO REDUZIR JUROS DO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

BANCOS PRIVADOS VÃO REDUZIR JUROS DO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO


Fazendo frente a Caixa Econômica Federal, os principais bancos privados vão reduzir os juros do financiamento imobiliário buscando baratear o custo ao cliente na compra da casa própria. O anuncio deve ser feito durante os próximos dias divulgando as novas taxas.

Quem ganha com isso é o comprador que necessita do uso do financiamento  imobiliário para comprar o imóvel que deseja e que ainda considera alto os juros praticados por todos os bancos. Não bastasse a burocracia e gastos com documentação, aprovação do cadastro, taxas, impostos e custos de cartório, os juros do principal banco público, CEF, estão e continuam acima de 10%, dificultando ainda mais a aquisição. Os bancos privados já trabalham desde 2017 com juros menores, abaixo de 10%. O comprador que preferiu esperar  vai sair ganhando. Com o controle das taxas abusivas, que você busca maiores informações clicando no banner abaixo, melhora um pouco a politica de financiamento.




Vale lembrar que esta redução se aplica a financiamento pelo SBPE - Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo. É bem provável que venha uma redução dos juros da CEF também.

Bancos privados que reduziram seus juros em 2017 conseguiram melhores negócios comprovando que em época de crise o que importa é preço e condições. Com juros menores e Taxa Referencial baixa, o total a pagar em um financiamento imobiliário tem uma redução significativa. O construtor e proprietário querem vender, o interessado quer comprar, os bancos querem emprestar. O que falta então? Uma politica habitacional feita com seriedade, uma economia estabilizada e a mesma boa vontade que tínhamos anteriormente.


ATENÇÃO: atualizando a postagem em relação a CEF

A CEF reduziu os juros para financiamentos pelo SFH em Agosto de 2018. vEJA NO LINK ABAIXO.

RECUÇÃO EM AGOSTO DE 2018



Fonte: Revista Veja

Comentários

Obrigado Maria Ângela, muito útil seu artigo...
Maria Angela disse…
Olá Paulo Cembraneli. A medida já está em vigor dese janeiro de 2018 e para a CEF houve nova redução em agosto. Abraços

POSTAGENS MAIS LIDAS

DESOCUPAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO-MODELO

DECLARAÇÃO DE POSSE

QUEM PAGA OS CONSERTOS NO IMÓVEL LOCADO