TABELA IMPOSTO DE RENDA 2014


Utilizada como base para o recolhimento do imposto sobre receita proveniente de aluguéis


Utilizada para IR sobre salários e receita com aluguéis em 2014
Entra em vigor em 1º de janeiro de 2014.


Quem recebe rendimentos proveniente de aluguéis mensal somado a renda bruta mensal proveniente de salários ou aposentadoria(outras rendas) está isento do recolhimento do imposto até o teto máximo de

R$ 1.787,77

Acima deste valor recolhe carnê-leão (para aluguéis) conforme tabela acima.

Para salários a tabela acima já serão deduzidas a partir de 1º de janeiro.
Imposto de renda pessoa física e jurídica 2015 ano base 2014.
rendimentos com aluguéis para quem recolhe carnê leão em 2014.

Alíquota de correção: 4,5% em cada faixa de cobrança


Fonte: http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,nova-tabela-do-ir-aumenta-cobranca-de-impostos-sobre-salarios,173893,0.htm

Comentários

  1. Nada de críticas, só agradecimentos pela publicação da tabela/2014, sobre aluguéis. Ficou-me uma dúvida: pessoas jurídicas pagam aluguéis a pessoas físicas, por meio de imobiliárias. Pergunto: é a imobiliária que retém o IRRF? Recolhe à Rec. Federal em seu nome ou no nome da locatária? A imobiliária informa, no final do ano à locatária e esta coloca na sua DIRF?
    Fico-lhe muito grato.

    ResponderExcluir
  2. Olá. É o locatário o responsável por reter o imposto e recolher mensalmente para a Receita Federal. Portanto ele paga o aluguel já com o valor do imposto retido.

    Como o locador é solidário caso o inquilino não recolha, a imobiliária pode oferecer este serviço ao locatário prestando conta ou então pedir mensalmente a comprovação do imposto quitado.

    No extrato anual deve vir informado os alugueis pagos, o imposto retido na fonte, a comissão da imobiliária e os alugueis líquidos pagos para você.

    Pergunte para sua imobiliária como ela atua nesta situação.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Bom dia se eu pago um aluguel no valor de R$ 5.000,00, + o imposto de renda. Neste caso aplica-se o percentual de 27,5% em cima do valor do aluguel?

    ResponderExcluir
  4. Olá. Os 27,5% devem incidir sobre os 5 mil reais e na hora de efetuar o pagamento para o lcoador você desconta o valor do aluguel pago.

    R$ 5.00,00 x 27,5% = R$ 1.375,000
    R$ 5.000,00 - 1.375,00 = R$ 3.625,00 á pagar ao locador.

    Você informou que paga os 5 mil mais o imposto é isso esta errado porque você tem que descontar o valor do imposto do aluguel a pagar ao locador. você recolhe o imposto.

    abraços

    ResponderExcluir
  5. Ola! Aluguei um apartamento que tem uma porta de blindex solta e encostada na parede. A parte esta no laudo de vistoria que assinamos mas eu nao concordo e ter uma porta de blindex solta e encostada na parede, questionei a imobiliaria e eles nao querem tirar a porta, pediram pra eu deixa-la no apartamento, mas ta atrapalhando. Eu sou obrigada a ficar com essa porta ja q o laudo de vistoria assinado consta ela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana,

      Devias ter acertado isso antes de ter assinado o contrato, agora está na vistoria, você aceitou e assinou como vai contestar?????? Por outro lado não faz sentido uma porta solta correndo o risco de cair em cima de você. Se não chegarem a um acordo vais ter que recorrer a justiça alegando risco.
      abraços

      Excluir
  6. olá, tenho uma dúvida sobre meus pertences deixados na casa em que eu morava. O morador morreu, era meu namorado, a família dele me tirou da casa bem antes dele ser enterrado. Ficou tudo na casa, vai fazer um ano, que ficou móveis eletro domésticos e pertences pessoais. Oque eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, entre na justiça exigindo teus pertences ou indenização caso não tenham guardado até porque não podiam ter te tirado do imóvel pois morava com o falecido. não devias ter saído, tinhas que ter chamado a policia e feito BO e ainda por cima ficaste quieta todo este tempo. Procure urgente um advogado.
      Abraços

      Excluir

Postar um comentário

Os assuntos relativos ao Ramo Imobiliário envolvem legislação geral, legislação especial, prática no mercado, decisões judiciais, jurisprudência dos tribunais e análise especifica de cada situação que em cada estado do Brasil pode ser diferente e com o tempo vai se modificando e aqui não podem abranger 100% do que você precisa saber. NUNCA utilize o que for publicado como solução definitiva. Aqui você encontra um caminho para entender um pouco sobre imóveis. Não nos responsabilizamos pelo uso indevido das informações prestadas. Entenda seu problema e busque a solução junto a um profissional de sua confiança.
Este site pertence ao Google que pode coletar informações sobre quem o acessa como sua localização, tempo que ficou no site e em cada página visitada, o que pesquisou. Essas informações visam direcionar os assuntos para o que as pessoas mais procuram. Não deixe de visitar a página de privacidade e saber mais sobre como tratamos seus dados.

Comentários e dúvidas serão respondidas dentro de 48h e o email fica a disposição caso não houver retorno
Email: mcamini150@gmail.com

POLITICA DE COOKIES

Este site usa cookies e armazena dados como endereço do IP e localização para fins de melhorar o conteúdo específico e a visitação.Em respeito aos leitores não armazeno dados pessoais. PROSSIGA SOMENTE SE VOCÊ CONCORDAR.
Maiores informações acesse POLITICA DE PRIVACIDADE.