PORQUE COLOCAR A LETRA H ANTES DO NUMERAL UM

Atualizado e revisado em 2018



PORQUE COLOCAR A LETRA H ANTES DO NUMERAL UM

Afinal porque se coloca a letra 'H" antes do numeral "UM" quando preenchemos cheques e recibos!!! 

Quem inventou esta forma errada de escrita e que atormenta os estudiosos da língua portuguesa foi o meio bancário que através da recomendação da Federação dos Bancos tenta evitar ou diminuir fraudes com emissão de cheques. 
A recomendação aos bancos é que seja válido o valor escrito por extenso e como determinadas informações no campo especifico podem ser adulteradas, o uso do "h" antes do "um" deve ser seguido. 
O número "um" quando escrito pode sofrer acréscimo que modifique a o valor se espaços forem deixados. Apesar da recomendação, não existe legislação sobre o assunto.

Exemplo

R$1.234,00  - um mil duzentos e trinta e quatro - poderia  ser colocada a palavra "trinta e" antes do "um" passando a ser lido trinta e um mil. Se for escrito "um mil" sem deixar espaço anterior o cheque estará protegido de fraudes dispensando ser informado por extenso o numero um com ou sem a letra "h".

Se escrevermos Hum mil duzentos e trinta e quatro não haverá pagamento se colocarem o trinta na frente, porque a letra "H" identifica ao banco que o inicio do valor do cheque é o numero um. 

Portanto a letra "H" tem como objetivo apenas identificar ao caixa do banco que o número cardinal 1 inicia o valor escrito por extenso. 

Na prática, as pessoas que emitem cheques poderiam evitar este tipo de situação não deixando espaços em branco no seu preenchimento bem como em qualquer documento, recibos, notas promissórias etc, etc. Algumas pessoas utilizam parenteses.

Exemplo:

- com espaços: (     um mil e duzentos reais   ): possibilidade de colocar o "trinta" antes do 'um".
- sem espaços:  (um mil e duzentos reais): sem possibilidades.

Não existe a obrigação de acrescentar o "h" mas o cuidado com documentos pessoais deve ser primazia de todos. Atualmente existem programas que imprimem cheques com segurança mas se a configuração da impressora estiver programada de forma a deixar espaços estes devem ser riscados a mão.

Para nossos nobres professores de português não existe nem "hum mil reais e nem "um mil reais" e sim apenas "mil reais" que estará seguro se o emissor tomar os devidos cuidados no preenchimento do cheque. Para os bancos, que criam suas próprias regras, isso pouco importa.


Fonte: Brasil Escola



Comentários

  1. colocando somente mil pode-se acrescentar "onze" e se tornar onze mil reais no numeral é só por um 1 na frente e tá pronta a fraude

    ResponderExcluir
  2. Olá Rede, isso mesmo, bom exemplo. abraços

    ResponderExcluir
  3. Não foi um exemplo Maria Angela, foi uma critica. Ele quis dizer que não funciona a sugestão que você deu no artigo. Seu artigo esta errado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe mas considerei um exemplo porque na prática ninguém inicia a escrita do cheque deixando espaço suficiente para que entre "onze", vinte' "trinta" antes da palavra "mil" e o objetivo da postagem é a letra H. não está errado. Como disse... na duvida o banco não paga.
      Abraços

      Excluir
  4. A sua ideia no final, fica mais fácil ainda adulterar. Ao se colocar mil, vc pode facilmente adulterar colocando um "1" no algarismo fazendo ele virar "ONZE mil..." ou puxar um "4" no 1, que viraria 4 mil... O" um" com o "h" é extremamente horrível. Mas para "o cheque", é melhor continuar usando o "um" na frente.

    ResponderExcluir
  5. Maria Angela, desculpe, mas suas explicações contém mais erros que acertos. Seria conveniente revisar todo o texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Claudio, eu que peço desculpas. Vou revisar a postagem e os meus comentários. Tive alguns problemas com invasão e postagens muito antigas foram modificadas. como são pouco acessadas tomo conhecimento mais rápido quando alguém comenta. O numero de postagens é tão grande no blog que ainda não consegui revisar todas. Estou me empenhando já com a devida segurança de não diminuir ao máximo o risco de ocorrer novamente. Agradeço.

      Excluir
  6. Usar cheque hoje em dia é um atraso 😁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente mas por incrível que pareça ainda é muito utilizado, principalmente o cheque administrativo. è pegar um cliente mais idoso comprando e lá vem o cheque, principalmente se for estande de venda onde a construtora pede vários cheques para o cliente. Eu não uso mais e só vou a abanco para depósito mas sem querer fazer propaganda, o banco virtual chegou para nos salvar :)
      Abraços

      Excluir
  7. Boa tarde!
    Esqueceram do três. Tem que ser escrito com trêis,né?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os assuntos relativos ao Ramo Imobiliário envolvem legislação geral, legislação especial, prática no mercado, decisões judiciais, jurisprudência dos tribunais e análise especifica de cada situação que em cada estado do Brasil pode ser diferente e com o tempo vai se modificando e aqui não podem abranger 100% do que você precisa saber. NUNCA utilize o que for publicado como solução definitiva. Aqui você encontra um caminho para entender um pouco sobre imóveis. Não nos responsabilizamos pelo uso indevido das informações prestadas. Entenda seu problema e busque a solução junto a um profissional de sua confiança.
Este site pertence ao Google que pode coletar informações sobre quem o acessa como sua localização, tempo que ficou no site e em cada página visitada, o que pesquisou. Essas informações visam direcionar os assuntos para o que as pessoas mais procuram. Não deixe de visitar a página de privacidade e saber mais sobre como tratamos seus dados.

Comentários e dúvidas serão respondidas dentro de 48h e o email fica a disposição caso não houver retorno
Email: mcamini150@gmail.com

POLITICA DE COOKIES

Este site usa cookies e armazena dados como endereço do IP e localização para fins de melhorar o conteúdo específico e a visitação.Em respeito aos leitores não armazeno dados pessoais. PROSSIGA SOMENTE SE VOCÊ CONCORDAR.
Maiores informações acesse POLITICA DE PRIVACIDADE.