IMISSÃO E EMISSÃO - DIFERENÇAS



Entenda a diferença de imissão e emissão e pare de confundir os termos na hora de se referir a imóveis na compra e venda. 

É comum a confusão de palavras semelhantes, situação que a leitura como um costume acaba por evitar. É comum encontra-las escritas de forma errada principalmente quando o assunto é o ramo imobiliário.

Convém esclarecer que ambas tem conceituação diferente segundo nossa língua portuguesa.
Segundo o Dicionário Aurélio:

👉Imitir significa "fazer entrar, colocar para dentro", portanto ao conceder ao proprietário o direito de entrar no imóvel que é de sua propriedade seja por tê-lo adquirido por contrato de compra e venda ou por ordem de despejo do locatário por abandono, o juiz autoriza a posse do imóvel através DA IMISSÃO DE POSSE.

👉Emitir significa "expedir, enviar, fazer sair, colocar para fora" e portanto, para imissão de posse do proprietário para entrar no imóvel que lhe pertence o juiz emite uma ordem de despejo, ou um documento de imissão de posse.


As duas palavras são corretas, existem na língua portuguesa, tem grafia semelhante, mas significados opostos. Como este site é sobre o ramo imobiliário o termo "imissão na posse" será o mais utilizado pelo mercado imobiliário principalmente na compra e venda pois é o ato em que o adquirente de um imóvel entra na posse do mesmo.

Comentários

POLITICA DE COOKIES

Este site usa cookies e armazena dados como endereço do IP e localização para fins de melhorar o conteúdo específico e a visitação.Em respeito aos leitores não armazeno dados pessoais. PROSSIGA SOMENTE SE VOCÊ CONCORDAR.
Maiores informações acesse POLITICA DE PRIVACIDADE.