/>

09/01/13

CONTRA VISTORIA EM IMÓVEL LOCADO - PARTE 06 - FINAL

ATUALIZADO EM 2016

Eis que chegamos a parte final da contestação de termo(ou laudo) de vistoria inicial do imóvel que uma pessoa locou. Nesta parte cabe esclarecer o que o locador pode exigir quando do término do contrato residencial de locação e também, porque não, os contratos não residencias.

Tudo que a vistoria inicial contiver será solicitado que o locatário devolva da mesma forma ou indenize o locador. Qualquer abuso de ambas as partes deverá ser discutido pela via judicial. Nenhuma das partes tem o direito de exigir da outro o que na vistoria não estiver assim como o locatário não poderá contestar o que na vistoria constar se não tiver feito a averiguação.

A pintura do imóvel é discutível quando a locação tem período de duração de 12 meses ou menos. Logicamente que uma pessoa que trabalha e estuda e sai de casa pela manhã retornando tarde da noite tem uma utilização do imóvel em menor escala que a que fica o dia todo no imóvel residindo com outras pessoas. Assim, um imóvel pode chegar aos 12 meses sem ter qualquer dano na pintura o que seria passível de discutir judicialmente a pintura do mesmo. Juizados já reconhecem que absurdos são cometidos pelo locador quando exige a pintura de um imóvel que esta em ótimo estado de conservação. Nos mais antigos não há o que se discutir em relação a pintura antiga ser considerada desgaste de uso porque, se no contrato constar que recebeu pintado de novo, assim deverá ser entregue e portanto a pintura será solicitada e deverá ser feita.

O que o locador pode exigir:

- se os vasos sanitários foram recebidos com assento estofado, assim deverá ser entregue. Se a marca e modelo não existem mais o mesmo deverá ser de mesmo tipo e valor ou seja da mesma qualidade. Locatários tentam devolver com assento comum e é direito do locador não aceitar.

- Em banheiros com armário de chão e parede com espelho, é comum que com o uso, puxadores estraguem e se quebrem e nem sempre se encontra outro igual. O locador não pode exigir a troca de todo o armário por causa de um puxador, então procure repor um que seja o mais próximo do original.

- Vasos sanitários , bidê, pia ou tampos quebrados o locador pode exigir que seja trocado pelo locatário de mesmo tipo e valor. Tenha o maior cuidado no uso porque são de valores elevados.

- Torneiras e registros sempre serão exigidos a troca se estiver pingando ou estragados e de mesma marca e tipo ou o mais próximo se não existir mais.

- É comum passar desapercebido rejuntes mau feito, buracos deixados pelo inquilino anterior e será cobrado de você se não constar na contra vistoria.

- sempre que um encanamento provocar vazamento verifique se armários de cozinha e banho não sofreram danos pois o locador irá exigir a troca de tudo que estiver danificado porque o locatário não providenciou o conserto. Mofo em armários é comum mas não ao ponto de inutilizar o armário todo, aí virou desleixo do morador.

- o locador pode exigir a troca de um vidro quebrado ou trincado e que assim não estava mas é abuso exigir que se troque um vidro inteiro por conta de um adesivo colocado. a meios modernos de retirar sem danificar o vidro.

- o locador pode exigir que o imóvel seja devolvido faxinado se assim foi recebido e isso inclui retirar qualquer sintoma de mofo dos banheiros seja box, pia ou rejuntes, vestígios de ferrugem nas paredes, que escorre de uma torneira velha.

Nos demais casos egue o de costume conforme constar na vistoria e na contestação.

O ideal é que o locatário verifique tudo isso e providencie todos os consertos antes de entregar o imóvel para evitar ter que receber as chaves novamente e pagar o aluguel pró-rata enquanto estiver fazendo as reformas de entrega.

A maioria dos locatários prefere entregar o imóvel do jeito que estiver e indenizar o locador. Nestes casos o locador faz um orçamento e o locatário paga o orçamento aprovado, recebe a quitação e fica a cargo do locador providenciar a reforma que o locatário não fez mas indenizou. Quando tem imobiliária no negócio costuma ser mais caro pois e se tiver seguro fiança o valor de uma pintura pode ficar fora da realidade e você terá que pagar e não discutir ou nunca mais conseguirá um seguro fiança na sua vida.

Para evitar tudo que citei acima programe-se para a mudança de forma que sobre pelo menos 15 dias antes de vencer o aluguel para fazer todas as reformas necessárias e pintar o imóvel, assim ao entregar as chaves não haverá tantos problemas.

Se cada um cumprir o seu papel, o judiciário ficará um pouco menos lotado de ações judiciais que poderiam ter sido evitadas.

9 comentários:

  1. Olá!
    Tenho 22 anos e recentemente aluguei um imóvel no qual eu fiz a contravistoria! Fico contente que o blog tenha reforçado tudo com o que me preocupei em detalhar!
    Agradeço imensamente às informações aqui publicadas, sempre bem detalhadas, com grande qualidade!

    ResponderExcluir
  2. Oi Louise, obrigada e desculpa se chegou atrasada a informação. São tantos assuntos pendentes que não consigo dar conta. A contestação da vistoria inicial é fundamental e com certeza você acertou em faze-la para sua tranquilidade e também a tranquilidade de uma despesa menor com a entrega.
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Oi Maria, muito boas as dicas. Aluguei um apartamento e o termo de vistoria dizia que o interfone funcionava, na contestação além de mencionar que o interfone não funcionava também mencionei que uma janela estava emperrada. Depois do período de chuva pude perceber que a chuva molha meus móveis. Liguei na imobiliária e eles disseram que como eu contestei a vistoria relatando esses problemas, eu não sou obrigado a consertá-los para devolver o apartamento mas o dono também não vai consertar para que eu more confortavelmente. Isso está certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu morro e não vejo tudo, que absurdo. Não está certo, tem que consertar ou então te autorizar e descontar do aluguel. Ameace com ação judicial. Abraços

      Excluir
  5. Boa Noite, sou o Edison e estou entregando um apartamento alugado. Meu contrato do apto vai até o dia 17/05/16, porem a data do prazo que vence foi dia 14/05/16 e então estou pagando uma diária deste dia até hoje. Consegui resolver tudo e até cortaram a energia e água. Pedi então para a imobiliária mandar alguem para vistoria e me falaram que não tem ninguem para fazer e é para eu pagar a diaria do apto até o dia 19/05/16 que é quando vão ter alguem disponivel. Gostaria de saber se é certo eles me cobrarem até esse dia, sendo que para o meu lado já esta tudo ok e quero entregar a chave o quanto antes.

    ResponderExcluir
  6. Entregue as chaves no dia 17 e nada mais poderá ser cobrado de aluguel se o apt está ok na reforma de entrega. O aluguel para de contar na entrega das chaves. Abs

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog... aprendi muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Thereza, que bom que gostou, volte sempre.
      Abraços

      Excluir

Meu Blog é democrático e criticas só virão a aperfeiçoar seu conteúdo. Fique a vontade para criticar, elogiar, sugerir ou implorar, eh,he,he.
Criticas ofensivas serão apagadas, criticas construtivas serão mantidas,
Se teu comentário não for respondido em 24 horas, envie um Email pois posso não ter recebido a notificação de que foi postado.

DÊ PREFERÊNCIA EM ME ENVIAR UM EMAIL

EMAIL: mcamini150@gmail.com