/>

09/01/13

CONTRA VISTORIA DE IMÓVEL LOCADO - PARTE 02

ATUALIZADO EM 2016


INICIANDO A CONTRA VISTORIA

Pintura
Com o Termo de vistoria inicial em mãos verifique o que em relação a pintura do imóvel. Em geral imóveis locados são pintados com tinta PVA branca ou gelo e as esquadrias com tinta acrílica. Verifique se consta a a marca da tinta (Suvinil, Renner, etc) e a cor. Se não constar coloque no tua inspeção que não consta a marca e cor, se alguma informação que constar, não estiver correta informe o que esta errado e como você encontrou.
As vezes o locador coloca tinta Suvinil acrílica cor amarelo nas esquadrias internas(portas e janelas) e a cor é outra mais clara e você deve informar.
Em relação a pintura o que deve ser observado em cada peça é se há manchas da mesma no piso, nos rodapés, nas esquadrias de portas e janelas bem como basculantes de alumínio ou ferro. As vezes a mancha da pintura não pode ser retirada e tem que constar na vistoria. 
Lave as mãos e passe nas paredes. sua mão não pode ficar suja de tinta, se ficar pode ter mistura da tinta com cal o que faz com que a pintura desgaste rapidamente. É o que deve ser observado.

Piso
O piso de imóveis locados normalmente apresenta manchas, riscos, tacos soltos, rachaduras e desgaste de sinteco. Preste atenção ao que diz a vistoria inicial e analise cada peça verificando o que consta e o que não foi anotado. Como o piso é considerado desgaste de uso é difícil na entrega do imóvel solicitarem algum conserto mas o locador pode pedir reposição de tacos caso um seja quebrado ou rachado por descuido do locatário então é bom fazer constar cada item com problema. Relacione a peça e o local, juntamente com o defeito encontrado. Não esqueça de verificar cupim.

Banho social e de serviço normalmente tem cerâmica ou azulejos antigos. Verifique se há rachaduras, quebras ou manchas neste tipo e se a cor esta correta. Azulejos mau colocados estufam com o calor e tem que constar este estufamento porque com o tempo provoca a queda dos mesmos. Atenção com o contorno do vaso sanitário, pia, armários embutidos e box de banho, além do contorno da porta de entrada do banho. Nestes locais as vezes o piso quebra e é preenchido com argamassa ou massa corrida. Se for o caso, relacione o que encontrou em detalhes.

Piso da cozinha segue o mesmo do banho social. Verifique o tipo, se ha quebras ou rachaduras, manchas e arranhões. Atente para a porta de acesso a área de serviço se o piso não esta arranhado.

Piso da área de serviço merece cuidado na vistoria pois em geral neste local se arredam máquina de lavar pra limpeza, botijões de gás, etc. Relacione qualquer mancha, risco, quebra ou rachadura encontrada no piso bem como buracos. Atenção com o ralo do piso. Abra o ralo verifique se esta limpo, se a tampa esta fechado bem e seu estado geral. Se estiver suja faça constar para que depois não te obriguem a limpa-lo. O mesmo deve ser feito com a caixa de gordura se ficar localizada neste local. Abra a tampa e a mesma deve estar limpa. 

Portas e fechaduras
Na porta de entrada confirme o tipo de porta, cor e quantas fechaduras possui.
Teste todas as fechaduras por dentro e por fora, se houver alguma informação errada corrija, se estiver faltando acrescente.
Verifique o tipo e marca da fechadura e se ela tem manchas, sinais de quebra, colagem ou riscos.
Verifique o olho mágico, deve estar firme e funcionando perfeitamente.
Verifique o lado externo da porta em busca de rachaduras perto da fechadura. Muitas vezes ao trocarem o segredo a mesma é danificada no entorno. Preste atenção a riscos e furos feitos com prego ou taxas porque em geral ficam de fora da vistoria. 
No lado interno da porta faça a mesma verificação. Se houver enfeites não pode estar faltando partes, confronte as informações colocadas com o que você vê.
Verifique os encaixes da porta com o marco, devem estar em perfeita ordem. As vezes tem um a menos que na reforma não foi colocado no lugar.

Normalmente as portas internas são de madeira natural com pintura acrílica.
Vistorie cada um confrontando as informações contidas no documento com o que você vê.
Procure por furos na parte de dentro e de fora tanto da porta quanto da esquadria desta.
Passe a mão com firmeza por toda a esquadria em busca de possíveis buracos provocados por cupim. Antigamente eram preenchido com massa corrida, hoje utilizam uma fita adesiva e pintam por cima. Não é difícil localizar mas para quem não presta atenção passa despercebido.
Verifique a parte debaixo da porta junto ao piso e da esquadria também em busca de buracos que não foram fechados pelo pintor. Relate qualquer outro problema que visualizar e não constar no documento. Por último teste a fechadura, trinco e chaves devem estar em perfeito funcionamento sem trancar, emperrar. O trinco não pode somente encostar a porta, tem que fecha-la por completo facilmente. As vezes a mola da fechadura tem desgaste e a lingueta não libera totalmente deixando a porta somente encostada.
As portas dos banheiros em geral são iguais as internas e seguem a mesma verificação. Na parte de dentro verifique se não há bolor na pintura por conta de umidade.

Quando as portas da cozinha, área de serviço e dormitório de empregada for de metal e vidro verifique cada vidro em busca de rachaduras, tinta da pintura que tenha pego no vidro, abra e feche verificando se não tranca no piso pois portas de ferro se dilatam com o calor e encostam no piso arranhando. Faça o mesmo teste das fechaduras. Verifique se estão limpas, sem gordura.

Continua em nova postagem -  "Contra vistoria de imóvel locado - parte 03"


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meu Blog é democrático e criticas só virão a aperfeiçoar seu conteúdo. Fique a vontade para criticar, elogiar, sugerir ou implorar, eh,he,he.
Criticas ofensivas serão apagadas, criticas construtivas serão mantidas,
Se teu comentário não for respondido em 24 horas, envie um Email pois posso não ter recebido a notificação de que foi postado.

DÊ PREFERÊNCIA EM ME ENVIAR UM EMAIL

EMAIL: mcamini150@gmail.com