/>

03/08/09

PROCURAÇÃO PARA REPRESENTAR CONDÔMINO

Quando o proprietário não comparece a reunião condominial pode enviar representante mediante procuração particular assinada e datada. A procuração não precisa ser pública, bastando uma procuração particular assinada pelo proprietário acompanhada de xerox de preferência autenticada em cartório para não deixar dúvidas principalmente quando ocorrem votações com quorum certo.
convém estabelecer na procuração quais as deliberações que o procurador poderá tomar , se com amplos poderes ou poderes limitados.
Quando o proprietário não comparece as assembléias e não envia representante legal(mediante procuração) o Locatário poderá comparecer em seu lugar.
Abaixo modelo da procuração.
PROCURAÇÃO



Pelo presente instrumento particular de procuração, e pela melhor forma de direito, FULANO DE TAL, brasileiro, solteiro, vendedor autônomo, domiciliado nesta cidade e residente à Av. ................................., nomeia e constitui sua bastante procuradora, SICRANA DE TAL, brasileira, solteira, do lar, CPF xxxxxxxxxx, domiciliada nesta cidade e residente à rua ...................................., para o fim especial de representá-lo na Assembléia Geral de Condôminos do Edifício TAL, a realizar-se no dia .... de ............ de 20..., podendo debater as matérias da ordem do dia, impugnar votação de matérias estranhas à ordem do dia; examinar documentos e contas, aceitá-los ou impugná-los; concordar ou discordar, avaliar as alterações das propostas, votar e ser votado para as funções de Síndico, Subsíndico e membro do Conselho Consultivo ou Fiscal. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



Data completa



_________________________________________
Nome do proprietário da unidade imobiliária e CPF

3 comentários:

  1. Muito útil....obrigado!!!

    ResponderExcluir
  2. a procuração é uma forma legal prevista no nosso ordenamento jurídico, mas é ao meu ver diante de sua forma de feitura incorre em vícios, vejamos , a procuração é assinada e entregue ao seu outorgado que leva ao cartório, registra e paga as custas. Ao meu ver além de ser anti ético o mesmo que um politico que se elege a custas de uma sexta básica , ou um vale transporte. Os senhores não entende que é uma vontade passada a um terceiro de confiança, e deveria ser feita pessoalmente no cartório e passada para o outorgado, mostrando a impossibilidade de não estar presente na data?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Desculpe mas o outorgado não leva a procuração ao cartório, registra e paga as custas. Ambos outorgante e outorgado comparecem ao cartório de notas e lá fazem a procuração e o outorgante paga as custas. Esta procuração somente fica registrada no cartório se for uma procuração especial, se for particular para representação simples não é registrada e não precisa firma reconhecida.

      O que vai determinar a necessidade ou não de a procuração ser assinada ou registrada em cartório no caso de condomínios é a convenção condominial. Se a convenção disser que deve ser pública então assim será cumprido, se disser que pode ser simples assim será cumprido e nada impede que alguém á conteste. Ha convenções condominiais que inclusive limitam o numero de procurações que uma pessoa pode apresentar na assembléia evitando assim que um proprietário apareça com 5 procurações.

      Esta postagem,s e reparaste é bem antiga. hoje em dia as convenções exigem que seja procuração assinada em cartório com poderes especiais de representação. Aproveito seu comentário ao qual desde já agradeço para atualizar esta postagem.

      abraços

      Excluir

Meu Blog é democrático e criticas só virão a aperfeiçoar seu conteúdo. Fique a vontade para criticar, elogiar, sugerir ou implorar, eh,he,he.
Criticas ofensivas serão apagadas, criticas construtivas serão mantidas,
Se teu comentário não for respondido em 24 horas, envie um Email pois posso não ter recebido a notificação de que foi postado.

DÊ PREFERÊNCIA EM ME ENVIAR UM EMAIL

EMAIL: mcamini150@gmail.com