OS MOTIVOS PARA VENDA DO IMÓVEL

Ao traçarmos o perfil do produto, é indispensável sabermos do motivo da venda, ou seja, porque o proprietário deseja efetuar a venda do seu imóvel. É importante sabermos esta informação, que inicialmente pode parecer nada mais do que um detalhe, pois isto pode influenciar em vários aspectos da negociação, como o preço, o tempo que levará para se concluir o negócio, e principalmente o fechamento do mesmo.

Os motivos da venda podem ser os mais variados, como:
QUESTÃO FINANCEIRA:

O proprietário pode estar necessitando dinheiro urgentemente para efetuar o pagamento de dívidas. Neste caso, o cliente exige rapidez na negociação. Logo, o preço do imóvel poderá ser um pouco abaixo do valor de mercado.
Pode ocorrer, também, de o proprietário estar mudando o seu padrão de vida para melhor ou para pior. Quando muda para melhor, o cliente geralmente muda-se para uma zona mais valorizada, onde as residências oferecem mais conforto, luxo, segurança e/ou status social. Neste caso, o proprietário não tem pressa na conclusão do negócio, mas também não cria empecilhos para a conclusão do mesmo. Se o cliente esta baixando o seu padrão de vida, ele estará, possivelmente enquadrado no primeiro caso.
QUESTÃO DE ESPAÇO:

Quando uma família está em fase de crescimento populacional, ou seja, está prestes a receber um filho, ou teve recentemente, necessita de mais espaço para morar, o cliente buscará uma residência com mais dormitórios. Neste caso, muitas vezes, o cliente aceita propostas abaixo do peço, pois a falta de espaço incomoda muito determinadas famílias.
Por outro lado, a família pode estar diminuindo. Por causa de falecimento, ou de casamento de filho/a que morava com os pais e passou a morar com seu cônjuge, torna a residência grande demais para morar poucas pessoas. Neste caso em que o cliente busca um imóvel menor para morar, é frequente o proprietário pedir um valor acima do mercado, pois inclui o valor sentimental no preço final.
MUDANÇA DA INFRAESTRUTURA DO BAIRRO:

Em algumas circunstâncias, determinado bairro cresce muito, atraindo grande quantidade de novos moradores e exigindo, então, uma infraestrutura que comporte esta nova população. E isto que atrai muitas pessoas, acaba repelindo outras que buscam sossego e tranquilidade.
PROBLEMAS COM A VIZINHANÇA:

Neste caso, a frequente discussão com a vizinhança leva o proprietário a buscar um novo lar. É importante ter acesso a esta informação.
TRANSFERÊNCIA:

Quando ocorre de o cliente mudar de emprego ou seus filhos mudarem de escola, acaba tornando cansativa a tarefa de se deslocar diariamente e reservar um bom tempo do seu dia com o transporte de um ponto da cidade para outro bem distante.
DIVISÃO DO BEM:

Em muitos casos, deseja-se a venda do imóvel para que se faça a divisão do valor do bem. Isto ocorre muito nos casos de separação em um casal e em casos de partilha, em que uma pessoa falece e deixa o bem para mais de um herdeiro. Este é outro caso em que os proprietários pedem um valor acima do mercado, pois como será dividido o valor da venda, acaba sobrando menos do que os clientes tinham calculado para eles.
O fundamental é saber exatamente qual o motivo e baseado nele providenciar a correta intermediação da venda do imóvel.

Comentários